Rio V5 Vampire LARP - Prelúdios e Noturnos

Atualizado: 31 de Jan de 2019


Tópicos para entender o que está acontecendo:


A Ambientação completa e o Ato I: O "sumiço"da Príncipe

https://www.riov5larp.com/artigos/cr%C3%B4nica-rio-v5-larp


A antiga cidade livre: https://www.riov5larp.com/artigos/breve-hist%C3%B3ria-dos-vampiros-do-rio-de-janeiro-by-night-free-city


Entreato I: Rio 40 graus, cidade de incêndios e do caos

E o convite para o Ato II: Réquiem para um Afogado e o Legado da Guerra)

https://www.riov5larp.com/artigos/convite-live-action-ato-iii


E fique a vontade para explorar os clãs e linhagens de sangue e artigos do nosso LARP

https://www.riov5larp.com/clas

https://www.riov5larp.com/artigos


Aviso: Todos os conteúdos existem como referência e ajuda simplesmente para a imersão na sessão de um Live Action Roleplaying game, use todo o conhecimento com parcimônia e bom senso e lembre-se: é um Mundo das Trevas, e não de luz, nenhum personagem sabe tudo ou tem tudo decorado na cabeça, o mistério, a desinformação, a superstição e os diferentes pontos de vista são partes integrais da ambientação do jogo.


Dito isso, abusem da consulta ao site antes de qualquer sessão de jogo e antes de procurar o narrador. Conquanto o narrador está disponível para qualquer dúvida, algumas premissas são básicas e estão previstas no conteúdo do site. Além disso excesso de consultas pode diminuir o ritmo da narração com questões (e interpretações e diferentes entendimentos de situações e antecedentes) também são parte do jogo de horror pessoal e intriga sócio-política dos vampiros. Não existe erros! Existem pontos de vistas! Pronto, podemos seguir?

Ato II: Réquiem para um Afogado e o Legado da Guerra


Em meio á um estado de guerra a hegemonia Nova Camarilla carioca (re)decretou a Catedral Metropolitana como Elísio e lá realizou uma Missa de Réquiem e Velório para o Conselheiro Brujah Nascimento, o Dragão do Mar, morto em circunstâncias ainda misteriosas.


Purgatório da Beleza e do Caos. De novo.


Não satisfeitos de já terem criado um "novo elísio" (prática do Sabá com os seus Campos Elísios) ela "reativou" outro, ou pelo menos fingiu que a Catedral Metropolitana de São Sebastião não havia deixado de ser...


Inúmeros são os problemas nessa noite:

  • As consequências da "missa sombria" de réquiem para Nascimento entre os mais radicais e não vêem com bons olhos as "liberdades" do Rio de Janeiro e sua Camarilla "cruzada" com o Sabá.

  • A segurança de elísio sem a longa experiência da agora Desgraçada Zeladora Dominique

  • As apresentações informais e liberações sem precedentes e improvisadas de neófitos recém abraçados, realizadas vulgar e descontroladamente, sem a mesma pompa e circunstância que Dominique valorizava especialmente sobre a Práxis da Príncipe Dana.

  • A ausência da maioria das harpias, especialmente agora que a Harpia Chefe também está Desgraçada, e a pressão para que outra menos ligada ao passado da cidade seja apontada em seu lugar,

  • Boatos entre as harpias de fora da cidade sobre descontrole, caos, utilização vulgares e sem permissão de disciplinas e até do roubo por padres humanos de uma cópia de uma edição moderna do Livro de Nod.

  • Uma criminosa falta de luz generalizada na região da catedral municipal evidenciada pela mídia em cadeia nacional, expondo o elísio e chegando perto de uma Quebra de Máscara,

  • A fabricação de falsos acidentes e operações de emergência sem justificativas na região agora investigados pela polícia militar e envolvimento do BOPE desnecessariamente na operação

  • Boatos também sobre os mandos e desmandos do Marechal fora da reunião do Conselho da Rosa Sombria, quando efetivamente é imbuído do Status de comando.

  • E por fim o silêncio do Senescal e os Conselheiros para os demais principados pelo mundo sobre o desaparecimento da Príncipe e as mudanças de Conselheiro e Xerife sem nenhum cuidado de informar as Harpias e as Autoridades máximas da Torre de Marfim.

Todos esse fatores chocaram a sociedade cainita como um todo pela falta de sutileza que o estado de guerra da antiga Cidade Livre. Aos atentos olhos predadores de toda Torre o Rio de Janeiro ainda não é uma Camarilla de fato, ou é algo inteiramente diferente, apesar de todos os esforços da desaparecida Príncipe Dana dos Ventrue. A aliança dos Toreador e Lasombra é vista com muita preocupação pelas autoridades maiores da Seita. Mas, os problemas do Membros da Família Carioca não se reduzem a isso: Se não fosse por tudo o que está acontecendo no Mundo das Trevas dos últimos 20 anos e especialmente os problemas mais recentes e imediatos, provavelmente a cidade sofreria uma nova intervenção, como quando a Ventrue Dana (na época Arconte da Justicar Toreador) fez e culminou no novo principado. A Corte da Cidade (e até os Independentes) têm muito o que se preocupar.

Entreato II: Pânico e pandemônio generalizado


Parte I: Onde se bebe o sangue não se come a carne

Uma onda de reportagens por todo o país chocou a nação: um documentário sobre canibalismo na cidade maravilhosa, em que são reveladas algumas práticas de captura, sacrifícios rituais, execução e preparação de cadáveres para uma sangrenta degustação comprometem mais uma vez a Máscara e deixam muitos no Elísio constrangidos com a brutalidade e incivilidade dessas descobertas. A reportagem mostra práticas selvagens e levanta problemas localizados em diversos lugares, dos mais glamourosos (Leblon, condomínios na Barra da Tijuca) aos mais macabros (Cemitério do Cajú em especial mas também alguns Lixões, esgotos ao céu aberto, ruínas do Museu Nacional e IML) Inclusive a prática revela que alguns criminosos continuam não identificados, o que pode levar á alguns possíveis vampiros que utilizem essa variação condenada pela Camarilla de alimentação como alvos possivelmente afetem a população cainita carioca como um todo. A reportagem parece ter sido amenizada por agentes de Saramago, mas o mesmo parece ter sumido e portanto suas influências sobre a mídia estão em perigo. O Ancião recente, que havia caído em desgraça na Elísia (reunião em um elísio) do sumiço da Príncipe havia conseguido antes segurar algumas outras ações midiáticas e informou diretamente a Justicar Manuela sobre o ocorrido, sem sequer se importar em passar para as outras Harpias, o Xerife, o Senescal, o Conselho de Guerra ou mesmo o seu Marechal.


Entre os documentários e matérias em partes estão :

  • Sobre chefões Mafiosos históricos de Chicago,

  • Sobre uma teoria da conspiração envolvendo a Petrobras, outras estatais e empresas particulares de energia, combustível e afins, bem como toda um desvio de estudo de utilização de luz solar como fonte de energia.

  • Toda uma pesquisa por trás dos bastidores das lutas de MMA e possíveis fraudes e dopings desconhecidos e empresários mundialmente famosos.

  • Concentração de renda de algumas poucas famílias detentoras de cartórios e outros antigos negócios,

  • Cultos de personalidades e ordens secretas influenciando o crime organizado e de colarinho branco, tráfego de armas e entorpecentes, além de prostituição de luxo e trabalho escravo.

  • Corrupção, tráfico de armas, contrabando e subversão dentro das bases das forças armadas no Rio e entre os mais altos níveis hierárquicos e no intocável BOPE.

  • Frotas clandestinas e milicianas nas águas da Baía de Guanabara envolvendo contrabando e entrada e saída de estrangeiros no país sem passar pela alfândega.

  • Corrupção em diversos niveis em quase todos os partidos antigos e tradicionais do Rio de Janeiro bem como como todo o partido eleito para o governo federal e nos partidos envolvidos com as igrejas neopentecostais.

Muitas dessas matérias e documentários foram devidamente censuradas e algumas até destruídas por influência direta do agora Elogiado Saramago em aliança com agentes pelo globo da Justicar antes de seu total desaparecimento. Mas, sem a presença do Ancião Toreador, Chefe das Harpias e detentor das Influências da Mídia na cidade, como o Rio irá lidar com o quarto poder? E como conter as investigações e reportagem sobre a noite do réquiem para Nascimento, as práticas canibais e todos esses outros assuntos? Uma pressão nacional (e até internacional) começa a se formar para que os Membros do Rio retome o controle da distribuição de informações.


Um Mundo de mais e mais Trevas

Por outro lado a Cidade parece continuar ilhada (juntamente com Brasília) de alguns acontecimentos similares contra os vampiros por todo o país, américa do sul e até pelo mundo. A Queda de Londres (como está sendo chamado o fato de todos os vampiros londrinos terem desaparecido e várias evidências em imagens mostrarem que foram atacados) evidenciou para os Cainitas que de fato um novo levante humano, escondido dos holofotes e evitado de ser mencionado nos elísios se torne uma prioridade. Este novo levante generalizado da antiga Inquisição, arriscam os mais paranóicos, já estaria acontecendo há pelo menos uma década, como diversos outros casos poderiam ser relacionados.


De fato, o Círculo Interno decretou emergencialmente, através dos Justicars e seus Arcontes, um estado de quarenta na capital inglesa. Essa quarentena se estende inclusive para qualquer contato virtual, eletrônico etc com Londres sob punição severa. Informações caóticas e desconexas sobre se o ataque foi efetuado de dia ou de noite, se foram grupos humanos militares ou alguma força oculta inundam de vozes assustadas pelos corredores dos elísios e a Torre de Marfim parece estar reagindo rápida e precisamente de acordo. O Conselho relembra que é expressamente proibido também qualquer tentativa de ataque ou mesmo de manipular a Inquisição como a Sociedade de Leopoldo, por constituir uma ofensa grave contra a Máscara.


Via Brasilis

Enquanto isso, no Brasil, ao que parece um grupo de Nosferatu teria se encontrado na fortificação da capital do país para tratar de assuntos importantes bem na noite da queda e do réquiem. Não se sabe o que aconteceu mas é dito que alguns Ratos de Esgoto estariam imbuídos de informações alarmantes sobre acontecimentos pelo mundo que não quiseram passar pela rede de computadores dos Membros (https://www.riov5larp.com/artigos/a-schrecknet-2-0), o que de cara já mostra uma preocupação com o mundo virtual mesmo que tão bem protegido pelos próprios vampiros.


Ao longo das noites uma nova política inclusive de se evitar qualquer contato virtual, celular ou qualquer coisa que não seja presencial entre os Membros parece estar se tornando regra. Mas, os céticos ainda não acreditam nessas medidas extremas e contestam online.


A lista de desaparecidos do Rio de Janeiro parece estar crescendo: https://www.riov5larp.com/artigos/spoiler-do-entreato-ii


Além dos já citados, uma ação de guerra convocada pelo Conselho e seu Marechal quase levou a morte-final diversos Membros da Camarilla carioca. Todos menos um Membro sobreviveram, aparentemente, mas ao que parece o maior estudioso dos eventos que assombram os limites da cidade, o Ancião Tremere Regente Ramon Álvaro e o Ancião Gangrel Pioneiro Independente Boaventura dos sucumbiu ao que quer que exista nos limites do espaço da cidade e começo das florestas urbana . E já começam os boatos que Téo, Ignácia, Sebastião e até Gratiano também teriam sumido (em momentos e circunstâncias diferentes), bem como outros Membros que viviam à margem da lei da Torre carioca.


O Fim da Espada de Caim?

Com o sumiço de diversos líderes sacerdotais (e anciões) do Sabbat da América do Sul do Mundo das Trevas e a diminuição da força e contingente em todo mundo pelos diversos conflitos dos últimos anos parece que a Seita decidiu combater o "inimigo" longe das cidades do ocidente …. Teriam o sumiço de Ignácia, Sebastião e Gratiano relação com isso? Para onde eles estarão indo? Bandos de recrutas e veteranos de guerras cainitas migram aos montes enquanto alguns poucos ficam largados e sem seus sacerdotes e templários para supervisionar os seus rituais. Estaria a seita fadada a ser extinta? Logo agora que toda sua propaganda parece ter algum fundo de verdade? Senão, vejamos...


A luz da fé como única esperança

De fato, os céticos vêem perdendo território dentro da Camarilla. todos os acontecimentos das duas' últimas décadas evidenciam uma humilhante e terrível verdade sobre a mitologia cainita e as fábulas nodistas: Negar os Antediluvianos. Se existe uma Jyhad e se de fato existe uma Gehenna então talvez negar abertamente a devoção à Caim a Torre tenha sido um erro. Ventrue e alguns outros Membros de clãs traçam e recitam suas linhagens até os vampiros da segunda, da primeira ou até ao Pai Negro. Anciões citam parabolas e passagens do Livro de Nod em seus discursos e conversas, as próprias Tradições ainda são conhecidas por muitos como Tradições de Caim O que teria significado a vinda e ida da Estrela Rubra? O Tempo do Sangue-Fraco? Por diversas partes do mundo os Caitiff têm sido marcados com uma tatuagem visível apenas por vampiros no alto de suas testas com a lua minguante da passagem sobre a Última filha da mito Quem poder de sangue seria suficientemente forte para mudar estruturalmente clãs como Malkavianos, para que Assamitas quebrassem a Maldição Tremere, para que alguns paradigmas da Magia de Sangue mudassem e para dizimar os Ravnos e tantas facções e linhagens de sangue? E todos as profecias e previsões se tornando realidade ou sendo detidas apenas tempo de não se tornarem? A política da Seita está em transição e rumores de Missas e Cultos antes secretos passaram a ocupar os Elísios e a "relembrar" a visão de que o vampirismo entre os clãs é intrinsecamente ligado a mitologia judaico-cristã-islâmica (ou á visões ecumênicas de outras mitologias em paralelo as três grandes crenças). Estarão os mais novos prontos para abraçar a fé como parte da Seita e os mais velhos deixaram isso acontecer? Tantos são os religiosos já no seio da seita como o Conselheiro Lasombra Frei Diego, a Justicar Manuela e seu antecessor… Rumores que os mais Anciões mais antigos sabem a vontade dos Matusaléns… E que eles atendem suas orações… Será tudo isso apenas uma vingança orquestrada pelo Sabá?

Parte II: Mas, a festa não pode parar

Alheios a tudo isso os Membros da Camarilla e Independentes do Rio ainda assim parecem estar mais preocupados com a vinda de mais um carnaval mortal. É tempo de festa, de banhos de sangue, orgias sangrentas e muita fartura. É afinal, sobre isso que toda a arquitetura do Carnaval e da Cidade Livre (independente de quem agora dê as cartas) foi construída. Com todas as revoluções e problemas acontecendo ao mesmo tempo, seria mesmo sensato manter a tradição de bailes e etc. neste momento? Talvez agora seja a hora de recuperar o glamour e valor perdidos, para muitos que ainda não entendem contra o que o Estado de Guerra da Práxis se estende.


Convite para o terceiro ato https://www.riov5larp.com/artigos/convite-live-action-ato-iii


Save the date https://www.riov5larp.com/artigos/save-the-date


Últimos acontecimentos em gotas rubras:

  • Uma carta escrita pelo próprio punho da Anciã Toreador Cassandra explica e ressalta exatamente os fatos como se deram na noite do desaparecimento da Príncipe, corrigindo, entre outros equívocos e falsos boatos, que a vaga de Senescal teria sido votada pelo Conselho depois da declaração do Estado de Guerra e da proclamação de seu Marechal no lugar de um Consul. A iniciativa foi orquestrada pelo Ancião e Assistente do Chefe das Harpias Delfim dos Nosferatu, e os rumores dos dois estarem de olho nos cargos de Dominique e Saramago respectivamente já estão no ar.

  • A pressão internacional para marcar os Caitiff continua muito forte, mas o Rio de Janeiro sempre foi um santuário para todos, portanto os Párias parecem estar em paz quanto a isso, pelo menos por enquanto.

  • Rumores que a região entre a Rocinha e o Vidigal foi desocupada pelos cainitas que lá se encontravam.

  • Rumores de que todas as regiões exclusivas (salvo o humaitá) sob a responsabilidade do General Menezes (Cerro Corá, Marechal Hermes, Oswaldo Cruz, Rio da Pedras,) sofreram ataques cirúrgicos e incêndios pontuais. Boatos que encontraram nos locais de ataque pintadas ou pichadas as seguintes palavras: "Números: 25:4")

  • Boatos que estado de guerra estaria sendo usado como forma de minar as forças da própria Camarilla e causando constrangimento e problemas como os incêndios e destruições, bem como uma forma de descaso com territórios de caça proibidos sendo invadidos e devastados como o Museu Nacional, o Cemitério do Caju e a Pedra da Gávea, além de negligência completa com a segurança e santidade dos elísios e utilização vulgares de disciplinas em elísias deixando a cidade do Rio a beira de todos seus Membros ganharem o status negativo Desgraçados.

  • Uma Harpia da base da Camarilla de Brasília estaria vindo para o Rio verificar todos os problemas de Status e demais coisas, boatos que seria uma última chance antes que a Justicar Manuela resolva intervir na cidade de vez.

  • Diversos favores menores que foram feitos antes do Elísio do sumiço da Príncipe e já deveriam ter sido quitados ainda estão em aberto, é possível que muitos Membros se encontrem em estado de dívida no Baile de Máscaras Toreador.

Atenção, jogador: Verifique seu e-mail até quarta-feira para receber suas ações de entreato com detalhes relacionados a esse texto e seus plots. Receberão primeiro os que confirmaram sua presença no evento do grupo privado do facebook. Bom jogo!

206 visualizações

© 2018 por Rio V5 LARP.  URL: www.riov5larp.com  |  E-mail: riov5larp@gmail.com  |

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco