Fundo do Principado


Da futura postagem: Cargos da Camarilla Parte I


Cortesias, Intrigas, Cúrias e Éditos do Principado:


Um Príncipe tem o direito de interpretar como as Tradições irão ser aplicadas dentro do seu Domínio . Estas interpretações são muitas vezes tratadas como Tradições Menores e são referidas como as "cortesias", da tradição dos tribunais franceses descrevendo várias regras e etiquetas necessárias para sobreviver em Versailles. O eufemismo comum para navegar nas obscuras interseções entre as cortesias e as Seis Tradições são chamadas de "intrigas". Membros deve entender as cortesias e as intrigas para sobreviver no mundo da sociedade de Camarilla. Espera-se que os visitantes de um Domínio aprendam rapidamente as cortesias e intrigas locais da Corte. Um Príncipe definirá certas expectativas e espera-se que aqueles que estão sob sua proteção conheçam suas leis. Essas leis, as Cúria do Conselho Primogênito ou Édito próprio do Príncipe, após serem incorporados á Corte e todo Domínio, viram costumes e intrigas. Desconhecimento e Ignorância desses costumes não são aceitos como desculpa e Membros que reclamam demais encontrarão punições especialmente duras por violação de cortesias e intrigas desconhecidas.


Tradicionalmente, cabe aos Membros ouvirem as cortesias e intrigas por um Arauto ou Harpia no começo das Cortes quando elas são editada e aos Primogênitos explicar as cortesia e intrigas aos visitantes e recém-chegados. Caso um Primogênito não consiga educar adequadamente um Membro de seu Clã antes trazendo-a perante o Príncipe para ser Reconhecido, ele é geralmente considerado igualmente em faltoso aos olhos da sociedade cainita. Em algumas cidades o Primogênito encarrega um Secretário (Whip) para faze-lo, ou mesmo o Príncipe de um Domínio especialmente singular pode encarregar um assistente de Zelador de Elísio, Harpia, Arauto ou até o próprio Senescal da Cidade para fazê-lo.


O que é o caso da Cidade Livre do Rio Noturno, na pessoa do Arauto e Consigliere Delfim, até agora.


(Ver futuramente a postagem Cargos da Camarilla Parte I )



Édito agora como costume:


Fundo do Principado:


Contribuíram com dinheiro no Entreato VII (Parte II):

Isabelle (150k), Delfim (1.5k), Fernão (150k), Cristiano (150k), Carpenter (17.5k), Muller (17.5k), Clarisse (150k), Meneses (80k), Marcos Silva (1.5k), Tape (1k), Calamare (1.5k), Bianca (1.5k), Jorge (17.5k), Isadora (1k), Bueno (17.5k), Kalixto (80k), Katrina (1.5k), Adão (1.5k), Comendador Zacarias (17.5k), Heleno (17.5k), Taggen (1k), Fabrício (1.5k) Ibn Khaldun (80k), Malaquias (150K), De Veronese (150k).


No MET: 1 Ponto de Recursos que fica indisponível nas fichas das personagens acima.


No total, o Fundo do Principado, com todas as despesas, pagam todas as contas e seguros dos Elisios e outros passivos do Principado, incluindo o Centro de Tecnologia, Monitoramento e Defesa (uma central de defesa tecnologica anexada secretamente á da Prefeitura) e da Força Tarefa de Operações Especiais ( uma força de grupo de 13 seguranças de elite altamente treinados, composto por mortais mercenários), sobrando um total de Recurso 5 para imprevistos por Entreato.

Não foram encontrados para prestar contas: Dizzy, Sara e Isaura e os novos Caitiff, Sangue Fraco e outros Tolerados. Dominique, Bernardo, Mestre Afonso, Ignacia, Bueno, Isadora não estão no Rio ou estão desaparecidos. Mesmo a distância Malaquias, De Veronese, Ibn Khaldun e Jorge continuam enviando sua contribuição. O édito até agora não prevê cobrança aos Cainitas não apresentados.


Os serviços que os Membros devem empregar para o Principado:

Don Vitto: Cappo della Torre - Segurança Integral do Príncipe tempo integral


Donna Guillia: CEO do Centro de Tecnologia, Monitoramento e Defesa, dando prioridade de seu tempo, e deve ceder Rebanho ao Principado em casos urgentes.


Simon: Xerife- Executor da Lei do Principado e Protetor da Máscara em tempo integral.


Hector: Operador do Centro de Tecnologia, Monitoramento e Defesa, dando prioridade de seu tempo, em escala com o outro Operador. Seus serviços e contratos particulares não podem prejudicar ou influenciar na eficiência geral do CTMD.


Don Martino: Facilitador de todos os Cainitas que precisem dos serviços de cartório para criar novas identidades e cooperação com o Xerife e Centro de Tecnologia, Monitoramento e Defesa.


Rolf: Se ausentou por tempo indeterminado, deve um Favor Menor ao Príncipe, em seu retorno deverá se oferecer para paga-lo.


Ártemis: Mapear rotas comuns dos Anarquistas, enviando relatório. Procurar informações e operar como Guarda do Xerife quando necessário.


Severiano: Soldado do Cappo em escala com o outro Soldado e investigar todos as rotas fluviais da Cidade, enviando relatório.


Acácio: Soldado do Cappo em escala com o outro Soldado e Fornecer serviços arcanos para a Proteção do Tempo e Clima, descobrir o motivo e identidade de quem age contra o principado sem custo.


Regente Viktor: Fornecer serviços arcanos ao principado, aos Elísios e Refúgios do Príncipe sem custo, reforçar essas defesas e atuar como Guarda do Xerife quando necessário.